Archive

Archive for the ‘expandida’ Category

14 anos atrás…

Após uma longa espanada no pó desse blog, estamos voltando com uma novidade: um post da Sra. Paiéquemcria.

Precisei insistir muito para conseguir liberação para publicar essa mensagem, enviada originalmente para algumas amigas, na íntegra.

——–

Olá amigas…

“… amigos de sala de aula, conversa vai, conversa vem… namoro de 3 anos!

… menstruação atrasada, gravidez… resultado: Beatriz!! linda…

casamento, convivência, conhecimento, alegrias (muitas), tristezas (muitas), e a pequena Beatriz sempre do nosso lado.

Amadurecimento, discussões, trabalho, mais alegrias, mais tristezas, e a nossa pequena Beatriz acompanhando tudo quietinha, crescendo diante dos nossos olhos, sempre no seu mundo de fantasias…

5 anos, 7 anos, 10 anos, muita coisa aconteceu em nossas vidas…. o mundo não pára! (que bom!!)…

11 anos, 12 anos, 13 anos……….. 14 anos… ontem foi o primeiro Dia dos Namorados da minha filha!!!!!!! O fulano, digo, Danilo (muita coragem da parte dele) apareceu na minha casa procurando a “namorada” dele, com um embrulho nas mãos.Um presente…

Sempre ouvi essas coisas desde que me conheço por gente: um dia vc terá filhos e vai saber o que tô dizendo… vc é muito nova pra namorar…. tem que pensar em estudar…. cuidado com isso… cuidado com aquilo…

Ontem a noite me peguei chorando, pois é, chorando… e lembrando tudo o que sempre ouvi da minha mãe. Agora uso as mesmas palavras que sempre ouvi, não só da minha mãe como de tantas e tantas mães que existem (e que ainda serão) com a minha filha.

Mais… e aquela pequena criança que vi crescer (hehehe…..), deitando no meu colo, sempre me abraçando, meiga, carinhosa com todos, atenciosa…. agora com namorado???

Pôxa, será que o tempo passou e nem dei conta? É …. parece que sim… meu bebê cresceu….

Sei também o que sempre ouvi: Márcia, criamos os nossos filhos pro mundo…. péra lá, pro Mundo não, ela é minha!!!……………. tá bom, tá bom, doce ilusão… é pro Mundo mesmo!!!

O que me resta de agora em diante é pedir: Mundo, por favor, toma conta da minha pequena!! E do Danilo também….”

É isso… queria dividir mais um momento da minha vida com vcs!!

Bjs!!!

família expandida: fone bone rompe-ferro

O post a seguir deveria ter sido publicado em agosto de 2010. Por qualquer motivo, ficou engavetado.

Ontem, foi aniversário de nosso cão em nossas vidas, e prefiro publicá-lo na integra, sem revisão, só por que ele merece.

Ah, o stress passou, e os pelos estão onde deveriam.

——–

Ultimamente o corredor de casa, a garagem e o quintal parecem aqueles cenários de bang-bang, com uns tufos rolando como aquela vegetação dos filmes. Só que aqui, são pelos.

Bone, nosso cachorro, está estressado. Já está tomando vitaminas, mas ainda não parou sua queda de pêlos.

Nosso excesso de cuidados com a higiene do bebê e o instinto materno ligado no 220v contribuem para isso.

Bone está conosco a menos de um ano, e segundo a veterinária, fez seu 1º aninho na virada do ano. Não sabemos nada sobre seus pais biológicos, achamos o coitado/danado no meio de um sítio, no Pico do Jaraguá. Sra. Paiéquemcria se apaixonou a primeira vista por aquele saco de ossos. Subnutrido, foi o presente de aniversário da Srta. B, em março de 2009.

saco de ossos

saco de ossos

Veio a nós em um momento importante, no início da gravidez do Sr. D.

Nossa família tinha acabado de passar pela dolorosa experiência do aborto de 2008, e aos 3 meses de gestação, a Sra. Paiéquemcria era uma pilha de ansiedade. Dá pra entender, também sentia isso. Qualquer punzinho encravado corríamos ao ginecologista.

O Bone, com a graça que é peculiar aos filhotes (fala sério, quem não gosta?), entreteu a Sra. Paiéquemcria. Ela, em troca, o mimou com brinquedinhos, roupas velhas, petiscos e muita ração (ênfase nos petiscos e muita ração). No trabalho, eu recebia boletins tele-sena (resultados de hora em hora) sobre a última proeza do nosso amigo canino.

A veterinária nos disse: “ele será sempre grato pelo que vocês estão fazendo por ele”.  Nós também somos gratos a ele, por ter nos “controlado” até o final da gestação do Sr. D.

Se em março era puro osso, hoje é um adolescente cheio de hormônios e desajeitado.

Fone Bone Rompe-ferro

Fone Bone Rompe-ferro