Arquivo

Posts Tagged ‘bebê’

thinkgeek :: lil’ vampire pacifier

Mais um da série “eu quero”. Só não sei se o Sr. D vai gostar tanto quanto o pai.

para pequenos lestats

via ThinkGeek :: Lil’ Vampire Pacifier.

conversa séria, de mãe para filho

Essa semana Sra. Paiéquemcria e Sr. D tiveram uma conversa séria.

O tom da conversa foi sério, Sr. D foi levantando a voz, e pra variar, sempre curto e grosso.

As imagens não mostram o final da discussão. Tive que desligar a câmera, a coisa ficou feia.

O Sr. D e a Sra. Paiéquemcria se pegaram numa série de abraços e beijos, cenas fortes de apertões de bochechas e fungadas no cangote.

Tadinho do Sr. D, atacado pela mamãe Felícia.
——-

A mamãe Felícia vai pegar e abraçar e agarrar e beijar e cheirar…

olha o aviãozinho!!

olha o aviãozinho!!

Mais um post da série “eu queria”: Illuminated JetBib Feeding System, da ThinkGeek.

Com luzes de verdade, que acendem quando o aviãozinho se aproxima, suas batatas vão chegar com segurança ao destino final.

Isso não garante que o controlador libere a pista pra pouso, mas facilita.

——-

A lista de desejos de consumo do Sr. Paiéquemcria só aumenta.

semana nacional da leitura

Hoje abri minha gaveta do trabalho e encontrei um exemplar empoeirado de “Minutos de sabedoria”, de C. Torres Pastorino, da Edições Paulinas. Ganhei de presente anos atrás, e fica sempre no fundo da 2ª gaveta. Resolvi abrir em uma página e tomei uma bronca: “Leia mais! Aproveite mais seu tempo!”.

Juro que gostaria de obedecer, mas não estou conseguindo. O tempo que tenho livre, durmo.

O Sr. D, agora com 50 dias de vida, tem vencido gradualmente a batalha diária contra as cólicas. Mas em compensação resolveu que dormir não é legal, e que ficar com olhos abertos é beeeem mais divertido. Um papai amigo meu, o ZZ, sofre do mesmo mal com a linda Lis. Uso das mesmas estratégias que ele e sua esposa, mas tem coisa que não dá mais certo. O tal do “xiii-xii-xiiii” na orelhinha dele, não rola. Músiquinha ainda dá, mas nem sempre.

Voltando a falar de leitura, sempre lemos muito lá em casa. A Sra. Paiéquemcria com seus livros espíritas, e eu, nerd convicto, com meus gibis, incentivamos a Srta. B desde pequena a leitura. Felizmente tivemos sucesso nessa empreitada. Ela adora ler. Seja Crepúsculo, Poderosa, Crônicas de Nárnia ou Turma da Mônica, ela consome o que pode.

A Srta. B sempre cresceu rodeada de livros e gibis. Mais gibis do que livros, é verdade. Eu, frequentador assíduo da prateleira de gibis das bancas da região, quando comprava os meus quadrinhos, levava um pra ela. Sempre fiz isso, com Mônica, Magali e até Disney quando era pequena. Hoje fica ansiosa pela nova edição da Turma da Mônica Jovem e (quem diria) Luluzinha.

Segunda começa a Semana Nacional da Leitura (12 a 16 de outubro). E a partir desse ano, o Dia das Crianças também é o Dia Nacional da Leitura. Me informaram que um em cada três adultos lembram de sua mãe lendo para eles quando crianças. E os pais? Aposto que nem aparecemos na estatística. Mas devemos apoiar a idéia, e cercar os pequenos de livros. Deixar sempre por perto, ao alcance das mãos, no banheiro, no quarto, cozinha!! Já é um começo.

Post inspirado por:
Roberta, mãe da Luísa, em Meu projetinho de vida: Criando o hábito da leitura

Letícia, mamãe da Laura, do Pelos Cotovelos e Cotovelinhos: Semana Nacional da Leitura – de 12 a 16 de outubro

Ivo, do Indesignação » Blog Archive » 50 anos da Turma da Mônica

Atualização 1: Doh! Fiquei enrolando pra escrever esse post e deixar um comentário para concorrer a um sorteio no Meu projetinho de vida, que perdi o prazo!! Acabou de sair o prêmio… Putz.

Atualização 2: Srta. B vai ganhar hoje Mônica nº 34, Cebolinha nº 34 e Mickey nº 804, com uma sátira do House M. D., o Dr. Mouse, com direito a bengala e o Pateta de Dr. Foraman.

——-

O Sr. Paiéquemcria Jovem tinha vergonha de ler gibis em público.

São por causa desses momentos que tudo na vida vale a pena.

banho é bom!

banho é bom!

banho é muito bom!!

banho é muito bom!!

+fotos

——-

Sr. D quase precisou de outro banho, de tanta baba.

puns, cocôs e arrotos

Na madrugada:
-E aí, ele peidou?
-Peidou.
-Graças a Deus!

Eu tinha me esquecido de que já tinha dado graças à Deus por causa de um pum, uma fralda cheia de cocô ou por um simples arroto.

Nessas madrugadas de cólica do Sr. D, ficamos contentes com muito pouco.

——-

Sr. e Sra. Paiéquemcria não lembram de nenhum bebê de 1 mês com um cocô tão fedido.

zaky infant pillow – simulates a mother’s hand

É meio assustador, mas a idéia é bacana. Imagina acordar de madrugada e encontrar uma mão decepada dessas no caminho, ou debaixo do seu lençol.

Zaky Infant Pillow – Simulates a Mother’s Hand

——-

Sr. Paiéquemcria acha que esse “travesseiro” tem grande potencial para o mal.
Categorias:paternidade Tags:,